Outras notícias

1 de dezembro de 2013

 

Congresso local sobre
Património Cultural Imaterial da Lourinhã

 
Cartaz Congresso local Património Cultural Imaterial da Lourinhã

Assente nas expressões culturais e tradições de um grupo de indivíduos, o património imaterial é tema de um congresso que vai decorrer na Lourinhã, no próximo dia 13 de dezembro, no auditório da Associação Musical e Artística Lourinhanense.

Aberta ao público em geral, esta iniciativa pretende dar a conhecer o trabalho de recolha de património cultural imaterial efetuado pelos alunos das escolas do ensino básico e secundário do concelho e que incidiu no domínio dos Saberes e Ofícios Tradicionais, das Tradições Orais e das Tradições Festivas.

Desenvolvida no último ano letivo, esta tarefa teve por base a aplicação do Kit de Recolha PCI, disponibilizado pelo IMC – Instituto dos Museus e Conservação, e direcionado a alunos do 2.º e 3.º ciclo, com o objetivo de uniformizar o trabalho de recolha, reunindo e documentando relatos e tradições a nível nacional.

O projeto envolveu os jovens alunos na recolha e registo de expressões orais (contos, cantos, lendas, adivinhas, provérbios e outras) de rituais e festas, bem como de conhecimentos e modos de fazer enraizados no quotidiano das populações. Para tal, os jovens contaram com o precioso apoio dos seus professores, bem como dos familiares, amigos e vizinhos que, com os seus testemunhos, permitiram que mais uma parte do património local seja preservado e divulgado.

A dinamização do projeto - Recolha do Património Cultural Imaterial Concelhio – e a realização do congresso cabe à Câmara Municipal da Lourinhã e ao GEAL - Museu da Lourinhã em parceria com os Agrupamentos de Escolas da Lourinhã e D. Lourenço Vicente.

Durante o congresso será dado a conhecer todo o projeto, bem como será apresentado o inventário online, uma publicação que reunirá, de uma forma organizada, o trabalho de recolha. O sítio Internet do Município da Lourinhã alojará esta relevante ferramenta, potenciadora do reforço da identidade coletiva local, permitindo assim uma mais ampla divulgação e fruição deste património por parte da comunidade.

Às escolas e aos alunos participantes será lançado o repto para que o trabalho de recolha e registo do património imaterial local tenha continuidade no próximo ano. No final do congresso será ainda divulgado o resultado do desafio, lançado às escolas da região, para a construção do e-book Identidade(s) – uma antologia de contos e poemas dos jovens do oeste, que estará disponível na plataforma Escrytos da editora Leya.



Outras notícias