Outras notícias

19 de Maio de 2006

 

Nota de Imprensa

 

O famoso palentólogo Philip Currie
veio conhecer os dinossauros da Lourinhã

 

Por convite do Museu da Lourinhã deslocou-se a Portugal o paleontólogo Philip Currie a fim de conhecer os dinossauros da Lourinhã.

O paleontólogo Philip Currie, da Universidade de Alberta, no Canadá, é um dos mais prestigiados investigadores de dinossauros, nomeadamente de dinossauros carnívoros. Este investigador é autor de vários livros e de dezenas de artigos científicos, organizou escavações na Argentina, China, Canadá, tendo descrito quinze novos dinossauros, incluindo os carnívoros Monolophosaurus, Sinraptor, e Caudipteryx. Alguns dos primeiros dinossauros com penas estão entre os seus principais estudos, o que lhe granjeou a fama tendo sido o tema da capa da famosa revista Time.

A sua última grande descoberta é o enorme dinossauro carnívoro Mapusaurus, recolhido na Argentina.



Philip Currie escavando um crâneo de Ornithomimidea
em Dinosaur Provincial Park, Alberta no Canada. (Foto por Clive Coy)

Em Portugal, Philip Currie proferiu uma palestra no Museu da Lourinhã no domingo, dia 19 de Maio pelas 18 horas, dedicado a “Evolução dos Dinossauros Terópodes (Carnívoros)”, tema da sua especialidade.

O paleontólogo foi também homenageado na Lourinhã, plantando uma árvore num espaço público da vila. A espécie escolhida, um Ginkgo biloba, é considerada um fóssil vivo, pois já existia no tempo dos dinossauros. A tradição de plantação simbólica de uma árvore ginkgo na Lourinhã foi iniciada pelo paleontólogo português Miguel Telles Antunes, a convite do Museu da Lourinhã.

A visita é o resultado da colaboração que tem sido mantida entre o Museu da Lourinhã e este investigador canadiano.

Veja mais informações sobre Philip Currie em

http://www.biology.ualberta.ca/faculty/philip_currie/

e http://www.earthsky.com/shows/edgeofdiscovery_profiles.php?id=47083

 

PALESTRA no Museu da Lourinhã:

21 de Maio, 18:00,     Philip Currie: “Evolution of Theropod Dinosaurs”



Outras Palestras agendadas no Museu da Lourinhã:

26 de Junho: 17:00, Michael Caldwell “The Origins of Snakes: New Data, New Interpretations”


Outras notícias